Skip to content

Alentejo Radical seta Notcias seta ltimas seta Tiago Pires no World Tour de 2010
Tiago Pires no World Tour de 2010 Print E-mail
O dia era decisivo para Tiago Pires e, depois de alguns azares que obrigaram a esperar até ao fim, o desfecho foi o mais desejado: o Saca está no World Tour de 2010.

 

O heat que eliminou as poucas dúvidas que restavam opôs o australiano Kieren Perrow ao havaiano Roy Powers. Perrow, 13º do ranking, eliminou Powers, que ocupava o 29º lugar do ranking à chegada ao Havai e era uma das ameaças ao 23ª lugar de Tiago Pires.

No final, Powers ficou pelo caminho, juntando-se a um luxuoso lote de adversários directos que haviam sido eliminados nas rondas anteriores, a maioria deles pelo contingente havaiano, que voltou a estar à altura dos acontecimentos e mostrou que em casa mandam eles.

Ao longo de uma temporada em que alternou 17ºs lugares com 33ºs, o momento alto da temporada surgiu em França. O 3º lugar no Quik Pro, realizado em França, parecia relançar a época do Saca. Mas quando muitos maticinavam que a segunda metade da sua temporada o catapultaria para o top 10 do ranking, as coisas começaram a correr menos bem. Um 17º em Mundaka, mas especialmente o 33º em Peniche, deixaram tudo por decidir. Só um bom resultado em Pipe confirmaria a requalificação.

No Havai, o Tiago voltou a não ter sorte. A sua participação no Pipemasters não durou mais do que 40 minutos, ou menos, se excluirmos o tempo que passou fora de água a trocar de prancha - depois de 2, leram bem, 2 pranchas partidas. A eliminação nas primeiras fases fez temer o pior, mas as eliminações posteriores de Adrian Buchan, Heitor Alves, Tim Reyes, Drew Courtney e finalmente Roy Powers confirmam a continuidade do Saca no Tour. Agora é abrir o champanhe e dar-lhe os parabéns!

 

 

SurfPortugal

 
< Prev   Next >